O Outono e o medo da chuva

Sempre passa rápido. Bons anos passam sempre muito rápidos. Mas quando você para pra pensar quanta coisa fez, ele volta a parecer demorado, a parecer longo.

O Outono, em especial, está voando. Nas primeiras semanas estávamos envolvidos com a viagem ao EUA. Depois veio a viagem e por último o pós-viagem, já em novembro. Junto com o pós-viagem, o monte de imprevisto que surgiu com visto, trabalho, e outras bobagens. Aos pouco, como quem afunda um navio por dia, a gente vai resolvendo as pendengas e a coisa vai caminhando.

Ajuda a passar rápido o outono, o fato do tempo estar meio “doidão” e fazer parecer que o inverno já começou (sempre foi doidão,o homem que quer colocá-lo em uma fórmula mágica da previsão). Dizem por ai o pessoal da climatologia, pelo processo da meteorologiamentacionalização das condições climáticas, que as baixas temperaturas fora de época, muito antes do que o habitual, estão sendo causadas pela El Niña, quando a temperatura média do oceano pacifico está bem abaixo da normal.

Aliás, parece ser verdade o que nos contou nosso excelente professor de cursinho, de que o nome El Niño veio em analogia ao menino Jesus, uma vez que o aquecimento anormal das águas do pacifico se dava em épocas natalinas e fazia florescer algumas áreas do Deserto do Atacama, sem muitas explicações aos povos dali e sem mesmo cair uma gota de água sobre a terra. E se quando esquenta resolveram chamar de El Nino, em analogia a Jesus Cristo, quando esfria os caras chamam de El Niña? Certeza que quando deram esse nome Jesus falou de lá: opa, pêra ai meu irmão! Tá tirando?

(Li num livro ai que é muito significativo o fato de darmos sexo aos elementos da natureza. Como A lua, O sol, A água, O fogo, A natureza, A terra, e por ai vai. Por exemplo, o fato de atribuirmos um “A” a natureza, faz com que a natureza passe a ter sexo. E tendo o homem em toda a sua história tentado dominá-la e vencê-la, fez também da mulher seu espelho e semelhança. Quero dizer, o homem, em analogia A Natureza, repassou A Mulher o mesmo desejo de dominá-la. Li num livro. Não quer dizer que está certo.)

Normalmente, aqui nessa parte da costa norte americana, junto com a outono vem a chuva. Esfria bastante, mas não ao ponto de nevar. Contudo, com a El Nina, já agora em novembro nevou bastante até. Foram uns 4 ou 5 dias de neve, sendo que a temperatura ficou abaixo de zero por muitos dias, chegando a -10 sensação de -15. Eu acho que abaixo de -5 já começa a ficar bem frio. Entre 5 positivo e 5 negativo ainda é um frio que para nós ai dos trópicos, se você não estiver muito preparado, ainda assim dá pra levar, mas abaixo de -5 começa a ficar bem gelado. Essa primeira onda de frio passou e agora está acima de zero, perto de zero, mas positivo. Para a região de Vancouver talvez essa deva ser a pior situação, uma vez que não é frio suficiente para nevar, mas é frio suficiente para despertar a temporada de chuvas. E chuva a 4° C não é a coisa mais confortável do mundo.

Porém, o medo das chuvas é algo que viemos nos preparando desde mesmo antes de chegar aqui. Mais falaram tanto, mais tanto que aqui chovia muito, que nós nos preparamos psicologicamente para um clima de monções. O que eu posso dizer é que até agora a chuva atrapalhou muito pouco. Parece que dezembro promete um pouco mais de chuva, mas até agora tá tranqüilo. Como eu mesmo já disse anteriormente, para quem já vivenciou o inferno que são as chuvas de verão na cidade de São Paulo, os chuviscos que vi aqui até agora não são nada, uma vez que a cidade esta muito bem preparada para a chuva.

Na verdade, se me perguntassem do que eu menos gosto em Vancouver, muitas outras coisas viriam antes da chuva, mas se perguntassem sobre as coisas que eu mais gosto, com certeza o verão estaria entre as primeiras. É claro que ficar chovendo sem parar cansa um pouco, mas quando você se dispõe a viver outra experiência, diferente das que já viveu, até isso pode ser interessante. Eu não me incomodo com fato de fazer frio, de ter luz solar das 9h as 4:30h, ou mesmo chover um pouco demasiado. Tudo depende da preparação psicológica que você fez. Tudo depende da viagem em que você entra. De todas as formas, demos sorte e até agora quase não choveu. Pra quem esperava chuva desde o meio de setembro, como disseram ai, tá sUssegado.

Fica então a reflexão: O cachorro é mesmo o melhor amigo do homem ou é apenas um animal com a Síndrome de Estocolmo?

obs: post editado em 04/dez

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em de tudo um pouco

3 Respostas para “O Outono e o medo da chuva

  1. “A Natureza, repassou A Mulher” = também como mãe, não é? Não apenas como dominação, mas como cuidado.

    De qualquer forma, em qualquer língua que se preze há gêneros. O português tem de escolher entre feminino e masculino. O mais legal é quando uma língua que possui o neutro, como o latim, escolhe um sexo para coisas inanimadas (die Erde, der Baum).

  2. Danilo Havana

    é verdade microbio.
    eu só falei do lado ruim. esse com certeza é o legal.
    um ditado complementar a essa visão da natureza seria: quem tem cu tem medo!
    Quanto as linguas que se prezem …. russo tb tem genero. Já aqui tudo é “the”, com vc bem sabe, claro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s